domingo, 15 de julho de 2007

Orquestra

Oh! Quão bela é a grande orquestra
Encantada, magistral
Ilumina a grande festa
Um maestro, um sinal
A platéia vê estática
O balé, o revoar
Da batuta, vara mágica
Que divina, determina
Haja som! Silenciar!

Salve, salve a linda orquestra
Ela é paz e força, é o brio
De acordes e compassos
Emoções e arrepio
Harmoniza entre espaços
Pensamentos, sensações
Ver a orquestra é ver poesia
É dizer na melodia
Hajam pausas e canções.

3 comentários:

Semeador (André Coelho) disse...

poesia toda arrumadinha!
não consigo fazer isso!!
rssssssss...

também não sei postar foto.
saudade, black people!!
andré

Semeador disse...

blog pedindo novas postagens...

=]

abç apertado, meu preto.

Descanso da Alma disse...

E adiciona o meu blog junto, precisamos sentar para discutir sobre parcerias nos nossos blogs.
Outra sugestão, criar uma reunião com os blogueiros de nossa igrejas para compartilharmos e criar uma nova categoria no site da PIB, "Blogueiros de Cristo" hehehehehe.
Abraços Cara.